Home Especiais This is Us: o que esperar da segunda temporada
This is Us: o que esperar da segunda temporada

This is Us: o que esperar da segunda temporada

0
0

Era 2016 quando um trailer anunciando uma nova série do canal NBC pegou todo mundo de surpresa e se tornou o trailer mais assistido. No lançamento, a ansiedade da espera deu lugar a amor à primeira vista. This is Us apresentou logo no piloto um show muito bem produzido, atrizes e atores envolvidos em seus personagens e uma trama tão singular e ao mesmo tempo tão simples que era impossível não contar os dias para o próximo episódio.

A primeira temporada de This is Us foi fenomenal. Sem medo a série explorou tantos assuntos que dificilmente vemos tratados na tv e de maneira tão delicada. Foi Kate encarando o mundo com sua obesidade e as limitações que a sociedade impõe a ela. Kevin sendo um ator fútil virando a mesa e querendo se descobrir um artista. E claro, Randall e os dilemas de ser uma criança negra e adotada em uma família branca. Sem falar na história de Rebecca e Jack que durante todo o tempo permeia a história dos filhos.

A mensagem da primeira temporada de This is Us foi simples: suas ações reverberam por muito tempo, em muitos lugares. Essas quatro pessoas nascidas no mesmo dia compartilham muito mais do que a data de aniversário. Durante toda a primeira temporada vimos uma família tentando se ajustar aos seus próprios dilemas e a cada um separadamente.

Sutilmente a temporada nos deixou com alguns cliffhangers em mãos. Kate, por exemplo, decidiu que é preciso ir além da forma do seu corpo. Ela quer ser cantora e provavelmente esse será seu objetivo nessa temporada. A vida inteira Kate trabalhou para o irmão ator, agora chegou a hora dela realmente colocar a cara no sol e perseguir seus sonhos. Nesse caminho, a certeza que tempos é que ela receberá muito apoio de Toby, que já mostrou ser um grande companheiro. Mas também não há dúvidas de que neste caminho Kate também encontrará muitas barreiras. Algumas impostas pela própria natureza da situação, afinal nem todo mundo consegue ser um rock star, outras impostas pelo preconceito à sua forma física. E essas não serão poucas e serão intensas, nos resta esperar que Kate esteja forte e pronta para as pancadas que virão.

O que Kate quer fazer é o que a mãe também não fez. Rebecca tentou com afinco ser uma cantora. Mas veio o casamento, então vieram os filhos e a vida. A relação de Kate com a mãe sempre foi tumultuada e distante de harmoniosa. Nessa segunda temporada é possível que vejamos melhor explorada essa questão. É possível sabermos afinal por que Kate nunca efetivamente tentou ser uma cantora antes? Ou ainda, por que não foi para a escola (ou faculdade) de artes? O quanto de influência seu relacionamento com a mãe tem nisso? E sim, é provável que a perda de peso de Kate seja um grande assunto da personagem.

Já Randall terminou a primeira temporada em uma catarse após a morte de William, falando com Beth sobre adotar uma criança. Randall e Beth já têm duas filhas e no episódio que ela desconfiou que pudesse estar grávida, os dois surtaram. Satisfeitos com as duas meninas, o casal já faz planos para quando elas forem para a faculdade. Beth já se organizava para voltar a trabalhar e a ideia de um novo bebê foi um choque. Mas a vida é movimento e entre William encontrar o pai biológico com câncer terminal, conhecê-lo, amá-lo e enterrá-lo tantas coisas mudaram e tanto ele aprendeu sobre ele mesmo e sua própria existência.

Para a segunda temporada podemos esperar um certo conflito entre o casal, afinal talvez Beth não esteja tão certa da adoção. Particularmente eu gostaria de ver mais a personagem, vê-la sair do papel de esposa do Randall e desenvolver plots mais consistentes. Também seria ótimo continuarmos tendo o William, ainda que em flashbacks.

Já Kevin foi talvez o irmão que mais cresceu na primeira temporada. O ator efetivamente saiu de sua zona de conforto após o surto que teve no meio de uma gravação. Mudou-se de estado, tentou se aproximar do irmão de quem nunca foi muito próximo, arriscou-se a fazer o que efetivamente não sabia, colocou as necessidades do irmão acima das suas em uma momento decisivo e, convenhamos, que episódio primoroso o “Jack Pearson’s Son“. Como homem Kevin continua sendo um belo embuste. Mas decidido a reparar os erros do passado, procurou a ex-mulher, o amor da sua vida e eles reataram. Essa parte da história ainda precisa ser mais explorada e espero que seja na segunda temporada. Sinceramente, o que espero nesse plot é Kevin dando umas boas mancadas, mas tentando.

Além disso, o que realmente esperamos para o segundo ano de This is Us é saber sobre a morte de Jack. A primeira temporada terminou com o que eu considero o pior episódio da temporada. Nós já sabíamos que Jack morreria e que a morte foi traumática. Kate já havia falado sobre a culpa que sente pela morte do pai e é ela quem o incentiva a ir ver Rebecca em seu show. Jack vai, bêbado, dirigindo na estrada por pelo menos duas horas. Não sei você, mas eu fiquei o episódio inteiro esperando Jack arremessar aquele carro em um poste, um muro, uma árvore, o que não aconteceu.

Assim, a promessa dos produtores é que a gente conheça o cenário da morte de Jack logo no início da segunda temporada. Isso também explicará a culpa que Kate sente e o quanto ela se escondeu atrás dessa suposta culpa a vida toda. Mas de acordo com várias entrevistas dos atores, a morte de Jack será um grande quebra-cabeça. Conheceremos o momento pelo qual a família passava, onde estava. Mas será preciso ter paciência para construir o cenário completo da partida de Jack.

A primeira temporada nos apresentou esses cinco personagens centrais. Pessoas complexas, com seus dilemas assim como tantos de nós. Agora, na segunda temporada, a proposta é que a gente possa sentir-se cada vez mais na pele de cada um deles. Nos tornar íntimos dos seus sentimentos principalmente sobre si mesmos. A primeira temporada explorou bastante as relações, a forma como os relacionamentos com as outras pessoas afeta os personagens. Talvez o segundo ano ocupe-se de explorar como os relacionamentos consigo mesmos afetem as decisões e os sentimentos dos nossos personagens preferidos.

Uma coisa é certa, para a segunda temporada podemos esperar emoção, deixa a caixinha de lenços preparada. A atriz Chrissy Metz, em entrevista à EW, afirmou que as pessoas serão profundamente surpreendidas pelo que vem por aí.

Todo mundo pensa: ‘oh, isso é apenas uma ação única, e eles realmente não podem continuar com linhas de história tão profundas e emoções intensas, reais e cruas’. Mas quando lemos o primeiro roteiro [da segunda temporada], fiquei ‘Oh, meu Deus!’ Vai exceder as expectativas de todos”.

This is Us retorna dia 26 de setembro nos Estados Unidos e você pode conferir as resenhas de episódio por episódio aqui no Séries Por Elas.

This is Us 2 temporada

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *