Home Review The Walking Dead 8×07 – Time for After
The Walking Dead 8×07 – Time for After

The Walking Dead 8×07 – Time for After

0
0

Qual o personagem que mais odiamos atualmente em The Walking Dead? Eugene! Se você respondeu Negan, tá assistindo errado, viu anjo? Em quem é que o episódio dessa semana esteve focado? Isso mesmo, na escória do Eugene.

Eugene é tudo aquilo que aprendemos a não ser. É covarde, falso, dissimulado e gosta de poder não importa na mão de quem ele esteja. É aquele eleitor típico de Trump e Bostanauro. Pedante, usa palavras que leu vez ou outra em um dicionário ou ouviu por aí para parecer mais lido do que realmente é. Passava as madrugadas enfiados no quarto destilando ódio em páginas da internet.

Desde que entrou para a trama ele mentiu, traiu e manipulou todos os que já estiveram próximos a ele. Você pode dizer: oras, ele é um sobrevivente, mesmo sendo covarde está vivo. Não, querido, isso não é ser um sobrevivente, isso é ser um parasita. Ele sobrevive da morte alheia. É aquele tipo de gente que se um atirador entrar no lugar onde você está, ele não vai se esconder com você, ele vai te jogar em cima do atirador para poder fugir. Lembra do que o Shane fez deixando o cara para os zumbis enquanto ele conseguia fugir? Pois é, bem isso. A diferença é que Shane, pelo menos, tinha um propósito digno e daquela vez era salvar Carl – um beijo Justiceiro, seu maravilhoso. Já Eugene tem como único propósito salvar a própria pele, mesmo que ela não valha um tostão furado. Eugene é uma barata.

Mas a série precisava de fôlego antes do último episódio da primeira parte da oitava temporada e foi o que a trama focada em Eugene fez. Em meio ao caos e às ameaças de Negan, Eugene descobre quem é o traidor entre os Salvadores, o que não foi difícil. Se propõe a produzir as munições, não vi a novidade aí já que estamos esperando por isso desde a sétima temporada.

Enquanto as coisas se desenrolam no Santuário, Rick tá bem fodido no lixão. No episódio passado o xerife foi ter com Jadis, tentar convencê-la a se aliar a ele, o Reino e Hilltop novamente. Terminou de samba canção preso em um contêiner. Nesse episódio ele é retirado do contêiner, com as duas mãos amarradas e levado para a arena novamente. Lembra do episódio que ele matou o zumbi com espeto na cabeça? Pois é.

Rick Grimes é Rick Grimes. Nosso xerife muito pistola consegue vencer dois caras do lixão, um zumbi e dar na cara da mãe Lucinda do apocalipse com as mãos amarradas, suado, desidratado e de cueca. Ele sai de lá com a promessa do apoio do pessoal do lixão e vão todos para a porta do Santuário onde as outras três comunidades tinham um encontro marcado.

Acontece que o idiota do Daryl em parceria com a Tara e o Morgan (que tá de mudança pra Fear The Walking Dead) resolve que não vai mais esperar para seguir o plano do Rick. Isso que é irmãozão, hein? Enquanto Rick tava lá de calças na mão, Daryl tocava um foda-se para o plano arquitetado e fazia o que bem entendia. O resultado é um Santuário esvaziado de zumbis e Negan com caminho livre para acessar suas armas de grosso calibre, a fábrica de munições e poder descer chumbo no povo todo.

Assim também fica difícil pro Rick. Por mais que o plano parecesse confuso pra nós e isso é culpa do roteiro que não se ocupou de torná-lo inteligível para a audiência, ter gente sabotando o esquema dentro da própria comunidade inviabiliza qualquer possibilidade de dar certo. Ainda abre a possibilidade de tudo ter sido feito em vão. Parabéns, Daryl! Eu sei que o fandom é louco por ele, mas convenhamos, já durou demais e desde a quinta temporada não fez nada de relevante.

O próximo episódio o bicho vai pegar. Negan saiu da jaula, as comunidades sofreram grandes baixas e o plano não previa essa reviravolta. O último episódio da primeira parte da temporada finalmente vai explorar a ação em torno da guerra e é bom estarmos todos preparados, porque tem morte e tem morte de personagem importante.

Uma das teorias mais levantadas foi a morte de Carl. O ator brincou com as especulações em seu Twitter dizendo que toda temporada falam que ele vai morrer. No entanto, recentemente ele postou uma foto com os cabelos cortados, o que atiçou ainda mais as teorias de que pode ser o fim da linha para o filho do xerife.

Particularmente eu odiaria esse desfecho. Tudo o que Grimes tem feito é para proporcionar ao filho um mundo em que ele possa crescer e viver. O menino cresceu forte e, ainda que imerso no caos de um mundo sem leis, tem firme em si a responsabilidade de fazer a coisa certa. Leva o Daryl que não toma banho, deixa o menino Carl em paz. Eu também tenho uma pulga atrás da orelha sobre uma fala da Maggie no primeiro episódio dessa temporada. Ela diz ao Rick que estaria com ele “pelo menos nessa primeira parte”. Pode ser só uma fala casual, mas pode ser uma dica.

Brincadeiras a parte, a série agoniza nesses primeiros episódios. De sete episódio exibidos até agora, apenas dois foram razoavelmente bons. A trama se perde em não dar conta de narrar as histórias de todos os arcos. Inventa tramas desnecessárias – tô falando de você Jesus – e não dá continuidade a coisas que estamos esperando – alô barriga da Maggie, bora crescer? Não tem sido um bom ano para a série mais assistida da tv paga norte-americana, espero por uma reviravolta.

Confira a promo do próximo episódio:
The Walking Dead 8×07.

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *