Se tem uma coisa que tem deixado muito fã de Game of Thrones irritado é a treta maligna entre Arya e Sansa. Os fãs não se conformam que as irmãs, depois de tudo o que enfrentaram, estão caindo no plano do Mindinho e ficando uma contra a outra.

Em entrevista à EW, Sophie Turner e Aidan Gillen discutiram esses momentos de tensão do último episódio. Turner destaca que as cenas parecem quase um filme de terror.

Nos livros, se diz alguma coisa sobre como Arya e Sansa são lados opostos da mesma moeda. Elas se amam, mas são tão diferentes. Elas nunca se deram bem. E agora que elas estão juntas isso se potencializa, porque elas seguiram caminhos completamente distintos e tiveram que se adaptar a situações muito diferentes ao ponto delas não se enxergarem como iguais. Elas não falam de verdade sobre o que passaram. Elas nunca tiveram que se comunicar antes e, agora, quando é vital que elas façam isso, elas não se entendem. Há uma tensão oculta. É como um filme de terror“.

>>Leia também
As 30 melhores reações ao penúltimo episódio da sétima temporada de Game of Thrones

Enquanto isso, Gillen comemora o bom andamento das maldades de Mindinho. “Assistir ao meu plano dar certo é interessante. Há várias coisas acontecendo com Mindinho e seu relacionamento com Sansa. Então, assisti-la crescer é bem agradável. Com planos cuidadosamente executados há sempre um risco envolvido. Ele se coloca numa situação que pode virar contra ele. Acho que ele gosta. Os planos dele nunca são seguros. Mas ele se arrisca, como um bom apostador”.

O último episódio da sétima temporada de Game of Thrones vai ao ar no próximo domingo (27), na HBO.