Home Séries Liberdade de Gênero Série documental “Liberdade de Gênero” estreia hoje no GNT
Série documental “Liberdade de Gênero” estreia hoje no GNT

Série documental “Liberdade de Gênero” estreia hoje no GNT

0
0

“Não nasci com o gênero errado, nasci na sociedade errada”. Fazendo questionamentos, ampliando a discussão e trazendo muita informação sobre a transexualidade de maneira geral, o canal brasileiro de televisão GNT vai lançar hoje a importantíssima série documental “Liberdade de Gênero“.

A produção percorreu o país de norte a sul, passando por Ceará, Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo para conhecer histórias de vida de pessoas que não se identificam com o gênero designado para elas ao nascerem. A produção busca usar o afeto para conduzir as histórias e conta com depoimentos também de familiares e amigos para ampliar a discussão sobre como é lidar com a transexualidade.

A série é dirigida e produzida pelo cineasta João Jardim e se passa dentro da casa desses personagens e de seus familiares com muita sensibilidade para abordar esses que são temas ainda tão raros na mídia de maneira geral. Ao todo serão 10 episódios focados em 14 histórias de amor, desejo, compreensão e alegria, mas também de frustração, preconceito e sofrimento.

Jardim explicou que a série pretende trazer um outro olhar sobre as pessoas trans, colocando eles, finalmente, e elas dentro do contexto comum, com laços de família e uma vida normal. “Foi surpreendente estar tão próximo destas questões, ver a luta e a força necessária para uma pessoa trans existir plenamente da forma como se reconhecem foi emocionante”, contou.

bes

O cantor Liniker, de 21 anos, que se considera gênero fluido, não binário, foi entrevistado pela série documental.  ” (…) eu tenho me sentido bem mais à vontade de me chamar no feminino. Não sei o que vai ser amanhã. Então, eu vou vivendo cada coisa do jeito que eu vou sentindo“, diz.

vgrq

Eu não sou homem nem mulher, sou uma construção de mim mesma. Não nasci com o gênero errado, nasci na sociedade errada”. A psicanalista e escritora, Letícia Lanz, que nasceu como Geraldo explica bem como enxerga seu lugar no mundo. Casada com uma mulher há 40 anos, ela se assumiu após um infarto e realizou a transição de gênero quando já possuía 30 anos de casada.

Liberdade de Gênero vai ao ar às 21h30 no GNT. Após a exibição, os episódios estarão disponíveis a qualquer hora para assinantes da plataforma de streaming Globosat Play.

 

Carolina Maria Jornalista, feminista-esquerdista-bolivariana, cegamente apaixonada por alguns personagens de seriados e sonhadora convicta. Aprendeu com as séries a importância da representatividade e nunca mais quis parar de falar sobre isso.

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *