Aqui no Séries por Elas a gente adora uma premiação. Gostamos de ver as mulheres deslumbrantes desfilando pelo tapete vermelho, mandando seus recados de empoderamento, assistir suas glórias e seus discursos encorajadores. Mas não se engane, nós temos absoluta consciência de que as premiações não são a tradução do talento delas ou de como realmente foi a temporada das séries ou filmes, no caso do Oscar.

Acontece, caso você não saiba, que rola muito, muito, mas muito dinheiro para promover um show, um episódio, um filme, uma música para que ele seja indicado e, depois disso, para que que vença. O crítico cinematográfico Pablo Villaça já falou sobre quanto custa uma estatueta com muitos detalhes há alguns anos. Clica aqui caso você queira entender bem direitinho como isso funciona.

Muito bem, dito isso, vamos finalmente a essa notícia maravilhosa de que a nossa queridíssima Gina Rodriguez, de Jane The Virgin, está quebrando essa tradição de usar pilhas de dinheiro para promover seu show entre os indicados e usando-o para fazer a diferença na vida de outra mulher.

Gina Rodriguez convenceu a The CW a colocar a parte referente ao seu show em uma bolsa de estudos para uma estudante do Ensino Médio. Em parceria com instituições que promovem o acesso a educação, Gina e a CW localizaram uma estudante latina, cuja identidade permanecerá anônima, e vão custear a universidade dela.

Em uma das grandes injustiças da TV, ela nunca recebeu uma indicação ao Emmy por seu papel em  Jane The Virgin. No entanto, ela ganhou um Globo de Ouro em 2015 e, desde então, foi indicada mais duas vezes na mesma categoria. A série retorna para sua quinta e última temporada em 2019.

Nosso show sempre aproveitou a oportunidade para me ajudar a fazer algo pela comunidade Latina“, disse Rodriguez. “Então eu perguntei ao meu showrunner, Jennie [Snyder Urman], se podíamos fazer algo diferente com o dinheiro este ano.”

Jane, The Virgin, explorou profundamente questões de identidade e imigração latina ao longo de sua aclamada corrida. Em uma história que a série abordou, a avó de Jane, Alba, buscou um caminho para a cidadania depois de estar no país sem documentos por 40 anos.

Além disso, para Gina Rodriguez, poder fazer isso tem um significado bastante especial, já que ela mesma levou 11 anos para pagar seu empréstimo estudantil depois da faculdade. Segundo sua declaração, ela só foi capaz de quitar sua dívida depois de ser nomeada ao seu segundo Globo de Ouro.

Com informações da EW.