Home Séries Game Of Thrones Game of Thrones 7×04 – The Spoils of War
Game of Thrones 7×04 – The Spoils of War

Game of Thrones 7×04 – The Spoils of War

0
0

Game of Thrones 7×04 review

Que episódio rápido! E não foi só impressão sua. Com 50 minutos de duração, o quarto episódio da sétima temporada de Game of Thrones foi um dos mais curtos da história da série, e o mais curto da temporada. Eu mesma fiquei chocada ao ver os créditos. Não esperava! Até porque os últimos segundos do foram eletrizantes demais.

Mas vamos começar pelo começo! Na primeira cena, vemos Sor Bronn provocando Jamie por ele parecer estar puto. Eu também estaria, se uma velha pela qual eu tive misericórdia tivesse acabado de jogar na minha cara que assassinou meu filho. Bronn nos lembra da promessa que Jaime fez a ele para que o acompanhasse em suas empreitadas: um castelo, uma esposa e dinheiro para viver o resto de sua vida tranquilão. Um Lannister sempre paga suas dívidas, mas Jaime não parece ter pressa nenhuma em cumprir sua promessa a Bronn.

bri

Em seguida, mais um acontecimento da série de encontros da família Stark: Arya volta para casa. O papo entre ela e a Sansa nas criptas foi muito bonitinho! E melhor ainda foi depois ver Sansa testemunhando a habilidade incrível de sua irmã com a espada, no treino com Brienne. Um encontro que eu amei também, inclusive! As duas mulheres guerreiras fodonas da série em combate amigável. Foi incrível!

Agora, ainda não consigo entender muito bem o que Mindinho está querendo com Bran. Mindinho anda parecendo meio perdido, ultimamente. Sempre parecendo estar a tramar algo, mas nunca parecendo chegar a algum lugar. De qualquer forma, foi bom rir da cara dele enquanto mentia para Bran sobre a adaga utilizada pelo homem que tentou matá-lo, lá na primeira temporada. Justo quem? A única pessoa que sabe de praticamente tudo que rola e que já rolou no mundo, Bran!

Falando em Bran, tá chato, hein? Eu já não aguento mais essa criatura apática, antipática e ingrata que ele se tornou. Achando que os problemas de todo mundo não significam nada e se sentindo sempre superior a isso tudo. Ele é a personificação daquele dizer, de que se a gente pensar na dimensão do universo, nossos problemas não vão parecer mais importantes. Muito sábio, porém um saco.

cersei

“Pague os boletos, Cersei”

Quanto ao núcleo de Porto Real e as conversas entre Cersei e o banqueiro de Bravos, a insistência em mostrar ele falando que tudo aquilo que estavam conversando aconteceria ASSIM QUE O OURO CHEGASSE DE FATO parecia bem um sinal de que Jaime não chegaria tão facinho assim com os espólios de Jardim de Cima até Cersei. Pois é, dito e feito.

Na parte final do episódio, que acabou antes do que gostaríamos, acontece uma batalha brutal entre o exército de Daenerys e o exército dos Lannister. Antes de tudo, ver os Dothraki chegando como uma onda feita de violência e testosterona para cima do exército Westerosi foi demais. Com aquela quantidade de homens, e com o que já sabemos sobre a habilidade de batalha dos Dothraki, sabíamos que os homens de armadura e escudos não teriam a menor chance.

Agora, isso foi antes de o dragão chegar com Dany na garupa. RAINHA! É isso que a gente queria ver, meu povo! Foi brutal e violento? Foi. Fez a gente se preocupar com a reputação de Daenerys considerando seu pai louco que queimava tudo e todos? Fez. Mas que a gente queria ver ela devastando geral e mostrando quem é que manda nessa bagaça, ah! A gente queria. E foi o que ganhamos.

dracarys

Dracarys, otários!

Porém, a empolgação começou a dar lugar à preocupação no momento em que Jamie diz que o escorpião de Qyburn estava lá com eles. Lembram daquele atirador sinistro de flechas gigantes que atravessou um crânio de dragão em outro episódio? Então, esse. Está tudo muito fácil para Daenerys enquanto ela tiver três dragões do tamanho de um Boeing. Por isso é que quem está mais ligado já vem esperando que vai dar ruim com algum daqueles dragões, infelizmente.

Mas poderia ser pior. Bronn conseguiu acertar Drogon (era o Drogon? Devia ser) no pescoço e o dragão se desestabilizou perigosamente com Daenerys em cima. Mas conseguiu recuperar o prumo e soltar mais fogo pra cima da galera. O nosso medo maior é Dany ser acertada, na verdade. E isso felizmente não aconteceu. Mas ela ficou bem vulnerável ali quando desceu em terra firme para ajudar seu dragãozinho. Mas coitada, até parece que ia conseguir tirar aquele trambolho de entre as escamas. O que me faz crer que Drogon ainda pode ter problemas devido a esse ferimento. Aguardemos!

Confira também: Game of Thrones 7×03 – The Queen’s Justice

Fomos deixados com o susto de Jaime quase sendo morto e o suspense de vê-lo sendo salvo por um homem desconhecido até o momento. Quem teria sido? Bronn? Acho que não. Penso que pode ter sido Dickon. Vai saber. Nosso querido galã maneta caiu na água e só saberemos no próximo domingo no que é que vai dar. O nome do próximo episódio será Blood of Dragon (Sangue de Dragão). Preocupante? Sim. Mas seguimos ansiosos para semana que vem!

Mari Fiorin Leonina, tem pelo menos uma grande crush em cada seriado que assiste. Meio psicopata a respeito do uso da crase e em eterno luto pelo trema. Já quis ser cirurgiã, detenta, caça vampiros, milionária vingativa, cair de avião em uma ilha anormal e fazer parte de uma família de classe média-alta cheia de tretas a respeito dos antigos casos do falecido patriarca em Passadena, Califórnia.

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *