Game of Thrones é uma das séries de mais sucesso de todos os tempos, né? E quando vai se aproximando o lançamento de uma nova temporada todos os fãs já se preparam para assistir aos episódios ao vivo ou, se não puderem, o quanto antes após eles irem ao ar.

Uma pessoa que trabalha no horário que o show vai ao ar, por exemplo, só tem como assistir depois, né? Não se ela enviar uma carta para o chefe pedindo para ser liberada para assistir a série. É isso mesmo, você não leu errado.

Andrezza Malcher, de 25 anos, publicou a soliticação no Facebook, nesta terça-feira, que logo repercutiu na web. Com isso, ela disse ao Extra que tem recebido muitas mensagens perguntando qual foi, afinal, a decisão da gerente, que também já notou o movimento decorrente da carta da funcionária nas redes sociais, mas ainda não apresentou uma resposta definitiva.

Leia abaixo a carta de Andrezza, na íntegra:

“Prezada gerente, venho respeitosamente através desta, requerer minha ausência no trabalho durante o intervalo de hora de 21h30 a 23h30 nos dias 16/07, 23/07, 30/07, 06/08, 13/08, 20/08 e 27/08/2017, em razão do evento internacional que é a transmissão da maior produção televisiva atual, o seriado Game of Thrones que há 7 anos acompanho e possui uma enorme importância pessoal. Compreendo que minha ausência em meu horário pré-determinado de trabalho afeta negativamente a empresa, porém, estar trabalhando nestes períodos indicados afetará, significativamente, minha produtividade, por saber que todos que conheço, exceto eu, estarão, naquele momento, vendo o que foi, por um ano, tão aniosamente aguardado por mim.

Me ponho à disposição para compensar essas horas da melhor maneira para a empresa, ou adaptar a escala, para que meus turnos não coicidam com estes horários de modo que ninguém se prejudique.

É importante salientar como este seriado trata de vários temas fundamentais do mundo corporativo, como sobre o respeito e a lealdade por opção com a personagem Daenerys e seus imaculados; o trabalho em equipe com as diversas alianças criadas; a importância de um networking, com o Varys; e do planejamento com o Mindinho; a relevância da participação e ascensão da mulher na política com Cersey, Daenerys e Catelyn e várias outras; os diversos tipos de liderança com os vários autointitulados reis; as resoluções de conflitos, mostradas em várias situações durante a história; a nunca se subestimar e apesar de tudo, almejar a glória, com Jon Snow, não importa o quão bastardo você é, você sempre pode se tornar o Senhor Comandante da Patrulha da Noite.

Agradeço desde já e aguardo deferimento desta”.

É mole? hahahaha A estreia da sétima temporada de Game of Thrones será neste domingo, 16, às 22h na HBO.