dicionário termos series

Você já deve ter percebido que em muitas das nossas matérias, resenhas e especiais aparecem muitos termos em inglês sobre as séries. Sim, existe um mundo à parte cheio de termos em inglês que recheiam o vocabulário de quem é louca por séries. Mas se você está começando agora ou mesmo se ainda não está muito acostumada, nós preparamos um glossário bem completinho, é o Dicionário SPE:

Season

Nada mais é do que a palavra em inglês para temporada.

Season Finale

Aquele episódio que encerra a temporada de uma série, mas não encerra a série toda.

Season Premiere

Se uma série teve um bom desempenho na primeira temporada e conseguiu manter-se na grade televisiva para ganhar outras temporadas, o primeiro episódio de cada nova temporada será chamado de season première.

Mid Season Finale

O episódio que vem antes do hiato, não é o episódio final (season finale), está mais para um mini final. Geralmente encerra alguns arcos, mata alguns personagens, salva outros.

Hiato ou hiatus

É o intervalo que acontece no meio de uma temporada. Pode ser bom porque você ganha um fôlego para assistir à outras séries, mas pode ser péssimo porque sua série favorita fica um tempão (às vezes são semanas, às vezes são meses) nesse intervalo que parece nunca acabar. É o que vem depois da mid season finale.

Fall Season

Quando o outono (fall) chega nos Estados Unidos, a partir de setembro, nossos corações seriadeiros se alegram, é tempo dos melhores lançamentos da tv de lá. Além do grande volume de lançamentos, setembro e outubro também são os meses que algumas séries queridinhas retornam, como Grey’s Anatomy e The Walking Dead, por exemplo.

Mid Season

É a temporada anterior à fall season. É como se fosse a baixa temporada das séries.

Review

Essa tem até cantinho especial aqui no site. E é muito simples, review (ou resenha) nada mais é do que uma análise crítica. Nas nossas reviews falamos sobre os principais acontecimentos de um episódio ou uma temporada, de maneira opinativa. Assim, uma review não é apenas um resumo do episódio, ela está recheada da opinião de quem escreveu, seus pontos de vista e preferências.

Nos títulos das nossas reviews você sempre vai encontrar: Nome da série temporada X episódio – Título do episódio. Por exemplo, Designated Survivor 1×01 – Pilot

Piloto ou Pilot

É o primeiro episódio de uma série. Ele pode servir como um teste para saber a aceitação do público ou para os produtores venderem o produto para as redes de tv. No primeiro caso, muitos pilotos “vazam”, como foi o caso de Lucifer e Blindspot, confirmada a disposição do público para aquele enredo, a publicidade é alavancada e um tempo depois temos uma temporada completa.

Guilty Pleasure

Prazer com culpa. Sabe aquela série que você ama assistir, mas tem vergonha de contar para as pessoas, porque sabe que ela realmente não é boa, mas você se diverte com ela? Pois é, quase todo mundo tem uma guilty pleasure.

Cliffhanger

A maioria das pessoas detesta o pobre cliffhanger, que nada mais é do uma espécie de gancho para o que vem a seguir. Sabe aquele episódio que acaba bem na hora do clímax, do mistério ou da revelação de algo que explicará uma série de eventos? Eis o cliffhanger. Ele deixa as coisas não explicadas, interrompe a narrativa e te obriga a aguardar e assistir o próximo episódio ou, pior, a próxima temporada no próximo ano. O melhor exemplo atual é o final da sexta temporada de The Walking Dead, quando passamos meses nos perguntando quem Negan matou.

OTP

One True Pairing, a combinação única de dois personagens em uma história, a união deles forma o casal perfeito!

Crossover

Quando uma série cruza ou entra na outra. É uma forma de conquistar o público de uma série para assistir também a outra. Isso acontece corriqueiramente na tríade Chicago. Os personagens de Chicago Fire, Chicago P.D. e Chicago Med estão sempre interagindo em todas as três produções – que em janeiro serão quatro.

Spin-Off

É quando uma série nasce de outra, por exemplo, Private Pratice. A médica Addison Montgomery caiu nas graças do público e ganhou uma série só para ela. A mesma personagem vivendo em um novo lugar, mas com uma temática parecida, um drama médico nesse caso. Better Call Saul é um spin-off de Breaking Bad. The Originals é um spin-off de Vampire Diaries.

Showrunner

Ou, dona (o) da porra toda. É a pessoa toda poderosa de uma série, quem tem o poder de decisão, também pode ser roteirista da série ou liderar uma equipe de roteiristas. O melhor exemplo dessa classe de pessoas é Shonda Rimes.

Fierce

Sabe o figurino de Sex and the City ou de Gossip Girls? Ou ainda, a abertura de Game of Thrones? Então, eles são fierce. A tradução literal é feroz. Mas é assim, algo como, um foda elevado à 10º potencia.

Lead in e Lead out

Quando uma série vai muito bem de audiência, o canal de tv pode optar por colocar uma série que não vai muito bem das pernas exatamente depois dela, em uma tentativa de reter a audiência para o segundo show. Assim, a série que vem antes é a lead in e que vem depois lead out. É uma estratégia para tentar alavancar o alcance de uma série. Um bom exemplo é Notorius, que entrou na grade de programação da ABC depois de Grey’Anatomy (lead in) e antes de How to Get Away with Murder (lead out).

Flashback

Quando um personagem tem lembranças do que já viveu. Um bom exemplo é Lost e outro mais recente são as lembranças de Jane, de Blindspot.

Flashfoward

É como o flashback só que no futuro. Quando um personagem imagina como seria o futuro caso ele tome determinada decisão. Acontece muito nos Simpsons.

Plot

É o enredo, a história da série ou da temporada, no que ela se baseia, o arco central.

Plot twist

Quando acontece uma reviravolta, dizemos que foi um plot twist. Por exemplo, quando Derek morreu em Grey’s Anatomy e Meredith teve que se reinventar e quase todos os outros personagens também, a morte dele foi um plot twist da série.

Spoiler

Esse todo mundo conhece, né? É quando você ainda não assistiu ao episódio ou à série e alguém já chega dizendo o que vai acontecer. Por exemplo, quando nós te contamos aqui no SPE que as vítimas do Negan seriam o Abraham e o Glenn, três dias antes do episódio ir ao ar! Te demos spoiler, mas avisamos antes, porque somos lindinhas.

Series Finale

É o último episódio da última temporada de uma série, aquele que nos deixa sempre um pouco órfãs.

Found Footage

A tradução literal é “filmagem encontrada” e é muito comum em filmes de terror, mas com o aumento da qualidade das produções seriadas neste gênero, temos visto esse termo surgir muitas vezes. É quando assistimos a imagens teoricamente encontradas depois que o caso aconteceu. Essas filmagens podem ser feitas pelos próprios atores ou por câmeras que utilizam técnicas de câmera de tremulação, os melhores exemplos são os filmes Bruxas de Blair e Atividade Paranormal, mas a técnica também tem sido um pouco explorada em American Horror Story Roanoke.

Sobre Ship e Canon nós já falamos, clica no link aqui e aqui pra saber mais.