A convite da Tv Globo, o Séries Por Elas participou da Festa de Lançamento da novela e, com exclusividade, conversou com a produtora da novela, Barbara Monteiro, para compreender os desafios de uma produção tão grandiosa. Confira!

Barbara Monteiro tem quase dez anos de TV Globo, já atuou como assistente de produção, produtora executiva e agora assina a produção de Deus Salve o Rei (DSR, como é carinhosamente chamada pelas redes sociais), a nova aposta da emissora para o horário das 19h.

DSR, apesar de parecer aos olhos mais desavisados, não é apenas mais uma novela de época, também não é a versão brasileira da série de sucesso da HBO Game of Thrones, tampouco uma produção simples. Pelo o que pudemos perceber, se tivessem que definir a experiência em uma palavra, quase todos os profissionais envolvidos na primeira novela medieval produzida pela Tv Globo diriam algo que gira em torno de um desafio e tanto.

Não é diferente para a experiente produtora. “O grande desafio [na produção de DSR] era como a gente ia fazer uma novela medieval num país tropical com calor, com luz muito diferente do que precisávamos imprimir na tela, com roupas de frio gravando em alto verão. O desafio era como fazer isso dar certo para mostrar a grandiosidade de uma novela medieval com castelos e paisagens”.

Equipe comemorando o lançamento da novela Deus Salve o Rei

Cientes de que não seria possível fazer isso somente com uma estrutura de cidade cenográfica, a equipe, liderada por Bárbara, arrumou as malas e voou para a Europa em busca do que a produtora chamou de “um novo conceito, diferente de todos os outros que a gente já tinha feito“.

Nós fomos para diversos países com as paisagens que queríamos para conceituar a novela em cima disso, pensar onde vai ficar o castelo, as florestas, como ligar um reino ao outro… Isso foi o pontapé inicial para que pudéssemos produzir um um estoque de imagens para usar durante a novela“, revelou.

A viagem foi fundamental para a pré-produção da novela que, para garantir a qualidade, precisou começar mais cedo do que as outras produções da emissora: três meses antes de iniciar as gravações. “Foi necessário ter os cabeças de todas as equipes já realizando esse projeto com antecedência, isso fez toda a diferença, porque  conseguimos realmente fazer testes, importar produtos que demandam tempo… a pré-produção foi fundamental“, explicou.

Outro desafio foi em relação ao orçamento. DSR é uma novela de grande escala no que diz respeito ao figurino, à produção de arte e aos cenários e, segundo a produtora, ela propôs o tempo todo às mais diversas áreas que elas buscassem soluções para os mais variados problemas. “A gente importou muito material,  trouxemos espadas da Espanha, trouxemos malha de metal para o exercito, coisas que não temos aqui”.

Inspiração: afinal, DSR tem um pouco de Game of Thrones?

Game of Thrones 7x04 review

Tem sim, senhora(or). Mas não se engane ao pensar que a novela se trata apenas disso. “Game of Thrones não inventou o medieval”, sentenciou com segurança Barbara durante a entrevista. “A gente já vem bebendo dessa fonte há muitos anos e é um universo que encanta. Quando a gente tem uma boa história e o pano de fundo é uma época medieval a história tem mais sabor, dá muito mais vontade de fazer bem“.

Por ser diferente de tudo o que já havia feito e por ser uma época muito distante à nossa, é impossível realizar um trabalho como este sem grandes inspirações. “Todo mundo assiste séries, mas o legal é que, por exemplo, a nossa figurinista se inspirou em passarela, em série e em criação própria. Assim criamos um universo próprio. É bacana ter uma linguagem da nossa novela“.

Com relação à escolha do sotaque, ela conta que a equipe optou por não trabalhar uma prosódia com sotaque específico. “Temos um ator português e ele fala com sotaque português, tem gente do Rio, de São Paulo, de Minas… O importante para o Fabrício Mamberti, diretor da novela, era dar o tom. O tom dos personagens, do rei, da plebeia, da princesa, mas não imprimir um sotaque específico“.

E o resultado não deixa dúvidas: “Tudo isso foi criando uma marca para a nossa novela. Temos uma marca Deus Salve o Rei”, finalizou, Barbara.

DSR estreia na Tv Globo no dia 9 de janeiro. A história se passa nos reinos de Montemor e Artena, que assinaram, há muito tempo, um tratado de paz e de ajuda mútua e vai trabalhar até que ponto uma escolha pode interferir no destino das pessoas.