Baseada em um livro do autor Jay Asher e transmitida Netflix13 Reasons Why teve sua primeira temporada lançada no início de 2017 e causou um imenso burburinho tanto positivo quanto negativo a respeito da abordagem da série acerca de temáticas sérias que permeiam suicídio, bullying e abuso sexual.

Apesar de aclamada pela crítica e por uma boa parte do público, especialistas e pessoas com histórico de depressão acusaram a série de glamourizar o suicídio, utilizar cenas extremamente gráficas com o objetivo de causar choque sem se preocupar que pudessem ser gatilhos para determinados telespectadores e de espetacularizar a discussão sobre saúde mental, sem necessariamente fomenta-la.

A segunda temporada da série gerou controvérsias desde o anúncio de que seria produzida e apesar de ter mostrado ouvir os apelos do público e da comunidade médica, adicionando uma nota no início do primeiro episódio alertando sobre seu conteúdo e incentivando o público a procurar a ajuda caso necessário através de um meio de comunicação, após meras três semanas de seu lançamento, as inúmeras críticas negativas apontam que as mudanças realizadas não surtiram muito efeito.

Apesar deste intenso debate, a Netflix acaba de anunciar sua decisão de renovar a série para uma terceira temporada, o que já causou uma reação por parte do grupo conservador PTC (Parents Television Council) que já havia afirmado que a plataforma de streaming podia “acabar com sangue de crianças nas mãos” pela segunda parte da série ter continuado a tratar sobre o que eles consideram “temas adultos” voltados para o público adolescente.

Confira o comunicado oficial:

Em resposta ao feedback negativo, o CEO da plataforma, Reed Hastings, se pronunciou: “13 Reasons Why se tornou extremamente popular e bem-sucedida. Promove um conteúdo cativante. É controversa, mas ninguém é obrigado a assistir”.

O criador da série Brian Yorkey retornará a frente da próxima temporada bem como produtores executivos Joy Gorman, Mandy Teefey, Kristel Laiblin, Tom McCarthy, Steve Golin, e Selena Gomez. Ainda não houve nenhuma confirmação por parte dos atores do elenco, mas Katherine Langford, que interpreta Hannah Baker, já havia anunciado anteriormente que caso a série tivesse prosseguimento, ela não estaria envolvida.

O que será que a polêmica trama colocará em jogo com o seu retorno?